segunda-feira, 11 de julho de 2011

Vida encantada...

Encanto com dedicatória

Este é a capa do livro dos textos que venho colocar aqui pra vocês


Como criar uma vida encantada

02.

OBEDEÇA A SEU CORAÇÃO

Existem diversos tipos de razões pragmáticas, no mundo real, para as mulheres de hoje NÃO terem tempo para nada e sofrerem com a falta de serenidade. As horas que possamos todos os dias no trabalho, no carro, com nossos parceiros, nossos filhos, e os mil compromissos, parecem somar bem mais de vinte e quatro. Para viver uma vida encantada temos de resgatar algumas sanidade em toda essa confusão, afirmar nossas prioridades e ter a coragem de acreditar em nós mesmas e em nossos sonhos.
Mas, acima de tudo, paira o motivo número um de as mulheres estarem sempre apressadas, estressadas e frenéticas: nossa sociedade exige que sejamos racionais e os nossos instintos insistem que devemos seguir nosso coração.
Observei isso na minha própria vida, numa manhã de sexta feira em que estava tudo atrasado. Os três filhos do meu marido, que ficam conosco somente uma parte do tempo, estavam em casa para passar o fim de semana. Quando eles estão aqui sinto uma vontade desesperada de criar para eles e para a minha filha adolescente o clima de The Brady Bunch (seriado americano). Mas diferente da Sra. Brady, eu precisava entregar um ensaio que pretendia ter terminado na véspera. Além disso, faltavam sucrilhos, areia para os gatos e pilhas. Para piorar tudo, lutava contra um começo de gripe. Queria avisar que não poderia ir, que estava doente, mas, como sou autônoma não tinha pra quem ligar.
Enquanto tentava encontrar uma forma de atender às necessidades divergentes de quatro crianças, uma editora e do meu sistema imunológico, minha filha e minha enteada entraram em casa carregando um pombo com a asa quebrada. 
__ Está sangrando __ disseram elas desesperadas, para ter certeza de que eu compreendia a gravidade da situação.
Minha primeira reação interna foi estritamente racional. Ora, e daí? Hoje não é o melhor dia para isso... Se tivesse tempo para levar alguém para o médico, iria eu mesma... Tem um pombo sangrando embrulhado num casaco que precisa ir para a lavanderia... E por que cargas d'água todas as criaturas feridas do Meio Oeste acabaram parando nesta casa? Será que os esquilos desenham mapas?
Mas, enquanto meu cérebro catalogava essas desgraças, eu já estava agindo segundo meu coração, seguindo a minha natureza, que pegaria aquele pombo como as meninas fizeram.  Pus o pássaro num armário, a salvo do nosso cachorro e dos gatos e liguei para um veterinário conhecido, dono de um grande coração também, capaz de assumir a tarefa nada lucrativa de tratar de pombos selvagens. ele disse que podia nos atender ao meio dia.
Mudei para a sintonia do coração e corri até o mercado.
Quando voltei e me preparei para escrever, estava mais concentrada do que nos dias anteriores. O trabalho que achava que levaria horas, ficou pronto antes que eu saísse para a clínica veterinária. Ao mesmo tempo, eu sentia um fluxo de energia e sabia que, ficasse ou não gripada, isso não aconteceria antes de cuidar do pássaro. 
Meu coração cuidaria disso.
Infelizmente o veterinário não pôde salvar o pombo, mas o pombo me salvou.
Lembrei naquele dia que, como acontece com a a maioria das mulheres, meu coração se preocupa primeiro em sustentar, apoiar e em dar forças à vida, seja preparando uma refeição saudável em casa, apresentando uma solução humanitária no escritório, seja modificando meus hábitos para atender uma pessoas...ou um pombo...carente.
A realização dos seus objetivos diários tem seu lugar, mas o coração possui uma agenda válida e própria. Se você consegue rever um dia e descobrir uma única lembrança carinhosa ou uma história emocionante, é porque prestou atenção em seu coração. 
Isso vale o tempo que leva, seja qual for.
.
.
.
Beijos, até a próxima.
Um dia colorido pra vocês!

3 comentários:

  1. Amiga querida estou em falta com você mas por favor não se aborreça comigo ,estou nos acabamentos finais de teus mimos viu? agora quanto ao que escreveu hoje! santo Deus! eu que ando tão sensível,me comovi,você é demais linda.fica com Deus amiga![P.S ontem usei o brochê viu? ficou uma lindeza só]Até breve bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, amei os cupcakes, passei para avisar que no meu blog tem um selinho com muito carinho para você!!!
    Mari
    http://zuzibaartesanato.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga passei para avisar que no meu blog tem um selinho com muito carinho para você!!!
    Mari
    http://zuzibaartesanato.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre, volte logo!!