segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Caixa Nº 29

Olá pessoas lindas que por aqui passam...
Depois de uma semana sumida por motivos de força maior, arrumação da casa... estou de volta!

Dando continuidade às caixinhas, hoje a de nº 29 que era usada para guardar pérolas.

As pérolas eram colecionáveis durante os séculos XVIII e XIX, oferecidas pelo marido ou amante a sua amada, está associada a Vênus, a deusa do amor, pois ambas nascem no mar.
Por sua brancura, na literatura romântica as pérolas se relacionam metaforicamente aos dentes, como em referências diretas do gênero äs pérolas do teu sorriso" ou "de sua boca"; porém associam se também às lágrimas, em particular àquelas derramadas durante a ausência do ser querido, pelo que as pérolas são contadas dando origem às contarias ou fileira de pérolas, presentes em todos os repertórios decorativos, tanto do rococó como do neoclassicismo.
Na qualidade de jóia, costuma se diferenciar das pedras preciosas de cores escuras e normalmente, servem de presente a uma mulher adolescente.
 A sugestão aqui, refere se em que a mulher amada recebe tantas pérolas quantos forem os anos de aniversário, bem como o número de meses ou mesmo dias até um novo encontro após a ausência, misturando desta forma, a tristeza das lágrimas com a alegria do retorno.
Protetora doa amantes, Vênus está presente nas pérolas que lhe foram consagradas.






Beijos, uma semana colorida para vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, volte sempre, volte logo!!